Fisioterapia no Tratamento de Incontinência Urinária

    A Incontinência Urinária é a perda involuntária de urina pela uretra. A incontinência urinária pode acometer indivíduos de todas as idades e de ambos os sexos.

    As principais causas que levam à Incontinência Urinária são:

    • Infecções urinárias ou vaginais.
    • Efeitos colaterais de medicamentos.
    • Constipação intestinal.
    • Fraqueza de alguns músculos.
    • Obstrução da uretra pelo aumento da próstata.
    • Doenças que afetam os nervos ou músculos.
    • Alguns tipos de cirurgia ginecológica.

    Indivíduos com esse sintoma podem apresentar problemas de bem-estar social, psicológico e emocional, pois deixam de realizar atividades do dia-a-dia por receio de alguma intercorrência.

    Por este motivo, é importante saber que a maior parte das causas de incontinência urinária podem ser tratadas com sucesso.

    A fisioterapia é um dos tratamentos que podem ser solicitados pelo seu médico.

    A atuação fisioterapêutica por meio da reeducação e fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico tem como objetivo melhorar a força de contração das fibras musculares. Os exercícios de reforço muscular podem ajudar a fortalecer os músculos necessários para manter a continência da bexiga. A fisioterapia proporciona a reeducação perineal e abdominal, com um rearranjo da estática lombo-pélvica.

    Os principais recursos utilizados no tratamento são:

    • Cinesioterapia (exercícios pélvicos);
    • Eletroterapia (Eletroestimulação);
    • Diário Miccional;
    • Orientações posturais.

    O tratamento fisioterapêutico na incontinência urinária auxilia na melhoria da qualidade de vida de mulheres e homens incontinentes.

    Marque sua consulta na Fisioterapia Santa Rita